quinta-feira, 17 de abril de 2014

REFORMA

 REFORMA




A humanidade ainda  chora
 A colheita obrigatória
 Do plantio de outrora.
 O pranto e a dor ecoam
Nos corações dos senhores
Semeadores de horrores,
 Que em passado distante
 Fizeram a dor  e discórdia.
O mais triste desta historia,
 Ainda ousam semear,
As dores e sofrimento.
Nesta terra que transforma.
As pragas serão lançadas
Bem longe em outras paragens.
Agora aqui nesta terra,
Só poderão ser  plantadas
A bondade  e o o amor
A caridade e flores.
Agora aqui nesta terra
Não existirá espaço  
Para a discórdia nem guerra.


Portal da luz 17 de abril de 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pequenos filhos do nosso coração, cuidamos de vocês com amor, com desprendimento, com carinho. Daqui todos os dias assistimos suas dificuldades, sua busca de algo que nem vocês sabem o que é.

    PEQUENOS DO CORAÇÃO Vocês talvez não compreendam assim mas nós, trabalhadores deste lado, os vemos a todos como filhos - P...