sexta-feira, 27 de junho de 2014

PAI!




Pai de Misericórdia, como é difícil amar o nosso inimigo, como é longa a caminhada do amor incondicional? como abraçar a dor e o sofrimento daquele que  fez sangrar a alma e o coração? como hei de ser brando e humilde de coração se meu próximo tanto desafeto e dor me fez passar? Quantas lágrimas chorei, quantos açoites  suportei? quantas injúrias? e hoje tão lindas palavras são ditas e tão longa é a jornada para cumprir tais mandamentos. Pai de Amor e Bondade, vinde a mim com o Seu Amor sem fim, transforme minha dor em perdão, que minhas chagas sejam transformadas em luz e que a sabedoria tome o espaço onde agora mora o orgulho ferido. Faça de mim um ser maior, mas próximo de ti. Estou com dor, cansado demais, me alivie o coração e preencha com o bálsamo infinito do Seu Amor.
Quero ser luz Pai, e tenho fé que assim será. Minha caminhada é árdua, mas creio que nunca estive só. Aguardo na paz do Criador e dos irmãos de luz aqui presentes. Essa paz no coração, rogando um irmãozinho em busca da evolução. Fiquem com Deus, Pai Misericordioso. Um abraço em Cristo. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Porque Ele sabe os caminhos que todos nós devemos percorrer e o seu Julgo sempre leve para todos, indistintamente, Jesus jamais colocará um fardo pesado nos ombros daqueles que não suportarão na caminhada terrestre,

Vinde a mim todos aqueles que estão angustiados e Eu vos aliviarei, porque meu fardo é leve e meu Julgo é suave. Querido irmãos...