ENTENDER A DOR DO OUTRO OU CONTRAIR A DOR DO OUTRO ?

ENTENDER A DOR DO OUTRO   OU  CONTRAIR A DOR DO OUTRO ?


                Muitas vezes confundimos   benevolência com  o contrair a dor do outro .  Devemos ter em mente  que ao contrairmos   dor do outro  para os nossos corações , estaremos  adentrando  na mesma vibração de angústia e dor  e, consequentemente, nos tornamos fracos,  com o coração  partido, tanto quando o nosso irmão que está  sentindo a aflição, e não  teremos condições de auxilia-lo.
                Para ter um coração piedoso é preciso   afabilidade  e entender o dor do outro , mas não  sentir a dor outro . Nos  momentos de grande angústia   do nosso irmão aflito,  precisamos sermos fortes e equilibrados o bastante, para ajuda-los nas suas necessidades.
                O  equilíbrio e a serenidade faz-se necessário em quaisquer  situações  de auxílio em favor do  nosso próximo.                                              

                                                                            Portal da luz, 13 de fevereiro de 2015

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DEPOIMENTO DE JOVEM RECEM DESENCARNADA

A movimentação da Espiritualidade diante da tragédia ocorrida.Tudo obedece a uma lei maior.