sábado, 5 de setembro de 2015

Os espiritas não possuem uma medalha ou mérito que os levem direto ao Pai, possuem tão somente o instrumentos capaz de ver além tumulo,







Que o amor do Pai se faça presente no coração de cada um de vos.
O conhecimento é dado a todos os filhos do criador, uns o recebe com o coração aberto, como solo úmido e fértil, avido à produção, outros recebendo o mesmo talento, o guarda, e acomodados nos meandros da jornada terrena acaba por desfazer-se.
Os espiritas não possuem uma medalha ou mérito que os levem direto ao Pai, possuem tão somente o instrumentos capaz de ver além tumulo, sabem que a vida terrena e apenas uma viagem. No retorno não serão glorificado, pois, para que sua passagem pela terra tenha sido meritória devera plantar o amor e principalmente vive-lo em sua plenitude, o que ensina essa maravilhosa doutrina.
Na volta ao plano espiritual ou pátria mãe, não existe diferença entre religiões, muitos dos que pregam e bendizem a palavra cristã, nada vivenciam. Suas falas são meras palavras vazias, tal qual um balão que flutua com leveza e beleza, porém, não suportando as intempéries se dissipa no ar.
Porquanto aquele irmão que, mesmo sem o conhecimento ou religião, vivencia o amor, quando regressa a casa deixa aqui um farto pasto que advém da sua jornada de luta na seara do mestre.
A pratica do amor é o galardão dos escolhidos do Pai. Vossa religião ou religiosidade e só mais um atalho para a chegada.
Dispam-se dos vagos conceitos, a palavra corrói e a ação constrói.
Fiquem na paz que se faz. Hoje e sempre.
Um simples trabalhador da casa do Pai.
Mensagem psicografada em 13/08/15 C. E. Allan Kardec
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pequenos filhos do nosso coração, cuidamos de vocês com amor, com desprendimento, com carinho. Daqui todos os dias assistimos suas dificuldades, sua busca de algo que nem vocês sabem o que é.

    PEQUENOS DO CORAÇÃO Vocês talvez não compreendam assim mas nós, trabalhadores deste lado, os vemos a todos como filhos - P...