segunda-feira, 16 de novembro de 2015

somos nossos próprios sabotadores


Senhor, 

Que a sincronicidade do teu amor de pai possa contaminar a todos nós.
Possa nos ajudar a rever todas as nossas aflições,  pesares, e
assim trilharmos um novo caminho, para que  numa nova encarnação
possamos nos lembrar de todo esse aprendizado e fazer a diferença.
Que possamos reconhecer desde cedo  esse amor incondicional  no
trato com as pessoas, os animais, a natureza.
Que possamos manifestar desde a nossa  tenra infância todo o aprendizado
que tivemos com as dificuldades da pobreza, das doenças, da humilhação.
Que possamos manifestar  como velhas almas toda a gratidão por
esta conexão contigo!

Por que somos nossos próprios sabotadores?
O ser humano gosta de ser o centro das atenções e nada melhor para isso quando nos vitimizamos.
Todos olham para gente e costumam dizer: coitado.
Portanto, alcançado o objetivo passo a ser observado e no lugar de vítima ser o centro das atenções.
Dessa forma nos mantemos naquela faixa vibratória baixa, atraindo tudo de ruim para as nossas vidas. É um ciclo vicioso e maligno.
Deixamos de lutar e buscar elevação para como vítimas reclamar dos infortúnios da vida.
Ninguém pode comandar as nossas vidas além de nós mesmos meus irmãos, parem de se enganar e de ter pena de vocês mesmos!
Sois fontes de luz, cada um de nós é criação do Pai e está destinado a felicidade, por que retardar este momento?
Por que ser o algoz de sua própria infelicidade?
Seus familiares, amigos e por que não seus inimigos também precisam de vocês.
Trabalhe! trabalhe duro, sem reclamar. se a doença bater à porta, não reclame, pelo contrário, agradeça, pois a doença do corpo físico, muitas vezes é o caminho para a cura do espírito e fé, meus irmãos, como nos falta fé, tudo seria mais fácil e tranquilo se tivéssemos um pouco mais de fé.
Não se enganem: em momento algum Deus deixou de ter o controle de tudo.
Fiquem em paz e que o Mestre abençoe todos vocês.

Mensagens psicografadas na União Espírita Allan Kardec em 27/10/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Porque Ele sabe os caminhos que todos nós devemos percorrer e o seu Julgo sempre leve para todos, indistintamente, Jesus jamais colocará um fardo pesado nos ombros daqueles que não suportarão na caminhada terrestre,

Vinde a mim todos aqueles que estão angustiados e Eu vos aliviarei, porque meu fardo é leve e meu Julgo é suave. Querido irmãos...