Postagens

Mostrando postagens de 2016

2016 FIM DE UM CICLO. AGORA, DEIXE O NOVO FLUIR

Imagem
Imagem
LAÇOS

O que nosso Pai espera de nós é que nos amemos uns aos outros de tal forma que acertem os erros uns dos outros, que tenhamos tolerância e compreensão uns com os outros. Este seria quase um Paraíso, a paciência de todos com todos, a boa vontade, a amizade, o afeto – Todos sentiriam e todos receberiam. Nada que se pareça com a mesquinha, limitada e ciumenta visão do amor que os encarnados possuam. No entanto, ao passarmos para este lado muitos dos fatores que expiram estes sentimentos negativos se desfazerem. Descobrimos um novo mundo repleto de amor – Dias de paz, de trabalho dedicado e de companheirismo. Esta é a mais próxima ideia de felicidade que temos neste plano intermediário. Todos nos aceitam, todos se importam, todos nos entendem. Nosso amado Pai nos presenteia com o plano inicial de amor – um primeiro caminho que tem no amor. Não precisamos de pares porque somos todos Um – não que não haja pares, mas se formarão naturalmente ao longo de nossas vidas e nossas aprendizagens – Assi…

O TEMPO DE DEUS.Qual é a lição que o Senhor quer que eu aprenda?

Imagem
O TEMPO DE DEUS Falamos e ouvimos muito sobre o tempo de Deus. Muitas vezes é um pequeno consolo para a provação que se demora em nossas vidas. As dores que não passam, as feridas afetivas que se aumentam ao longo da estrada de nossas vidas. Tentando entender nos perdemos cada vez mais. Queremos entender a Deus!!! O Porquê da sua demora em atender as nossas orações – Às nossas súplicas. Nos pomos de joelhos e Deus parece não nos ouvir – imploramos nas horas amargas e Ele parece não se apiedar. E assim lhe perguntamos: Senhor, porque não me ouve? O que é preciso que eu faça Senhor, no que quer que eu mude, aonde devo alterar meus comportamentos para que esta provação se encerre Senhor? Qual é a lição que o Senhor quer que eu aprenda? E ali, na nossa impaciência, na nossa pequena revolta, no ato de questioná-Lo, a nossa lição maior. Não é fácil aceitar a vontade do Pai – como se esta vontade fosse apenas Dele, como se os fatos nãos fossem resultados de nossas impertinências, de nossas inconsequ…

A movimentação da Espiritualidade diante da tragédia ocorrida.Tudo obedece a uma lei maior.

Imagem
MOMENTOS ATUAIS Um grupo de pessoas é reunido com todo amor e cuidado pela espiritualidade Maior. A retirada deste grupo é feita de forma repentina para que tudo ocorra como deve ser e aos encarnados o repentino se transforma em trauma, susto, medo da fragilidade da vida, da fragilidade dos fios que unem o corpo e a alma. No entanto, este trabalho espiritual foi desenvolvido quem sabe, através de anos. Criteriosamente cada um dos componentes deste grupo foi auxiliado para encerrar o seu ciclo nessa reencarnação. Os parentes, os amigos foram preparados – A aceitação foi sugerida e colocada em cada mente, como um processo que se iniciou quando do reencarne de todas. Tudo o que foi vivido por eles desde este momento teve uma ligação direta com esse final. Acertos e encerramentos foram feitos, concluídos. A vontade soberana do Pai, de forma caridosa e amorosa, esteve permeando todos os acontecimentos. Pedimos a Ele, este Pai Amoroso, que console os que ficaram – sua aceitação tranquila auxiliará …

Consciências que não servirem para reforma da nova Terra, Rumarão para outras esferas evolutivas para auxiliarem na evolução dos planetas em formação. Pois tudo obedece a uma ordem maior. Nada é descartado pelo Arquiteto Supremo.

Imagem