segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

DICAS DE METAS PARA 2016 E PARA TODA A VIDA NA TERRA

DICAS DE METAS PARA 2016 E PARA TODA A VIDA NA TERRA






A mãe terra, é cedida pelo divino temporariamente para que aqui os seres possam trilhar os degraus da evolução. E provisoriamente ela é a moradia humana. Portanto, é preciso cuidar com carinho da habitação transitória
 Mas, a maioria dos humanos que passam por aqui, tratam o planeta como se fosse propriedade dele esquecendo-se que a terra é propriedade divina, trata o planeta com descaso, poluindo, e infectando com lixos, promovendo tragédias de toda a ordem. Não só o lixo material que poluí e envenena a mãe terra, mas também o lixo mental. Como é produzindo o lixo mental?  É simples: ouvindo noticiários de mortes, de tragédias, que são energias calamitosas, e é assim que a mente das pessoas fere a psicosfera da terra. Infelizmente são os fatos que estão em evidência que    as pessoas gostam de ler , assistir,  ouvir , e se comprazem com tais noticiários.  Comentários de crises, de guerras, e calamidades, tanto pessoais, como coletivas.  São tantas as negatividades que a vibração espiritual da terra vai contaminando-se. E assim ela adoece, fisicamente e espiritualmente. É preciso entender que a terra é um ser vivo, um grande corpo que o homem encarnado habita e tem o comprometimento de cuidar.Portanto, a dica da maior meta para 2016 e para toda a vida na terra é   reverter urgentemente esse quadro. Contemplar mais o lado belo, ter olhos para o bom e conseguir enxergar as belezas que aqui existe. A terra é linda, basta ter olhos para ver ter para ouvidos para ouvir as mais belas realizações de bondade e amor ao próximo, acontecendo diariamente e ninguém divulga, ninguém fica sabendo.  É preciso também ter coração para sentir, rever todos os sentimentos e necessidades, retirar essa tendência de querer ouvir tragédias, é tempo de mudar de canal, ouvir só fatos   edificantes e cancelar tudo que é negativo. Cuidar a mente e cuidar do ambiente, não valorizar tanto as tragédias, assim o mal vai minguando e acabando. Pois a mente é força criadora. Plantar uma arvore, reciclar o lixo, fazer adubos das cascas e restos, se jogar no lixo vira chorume e adoece o solo.   Aproveitar a agua da chuva, evitar os descartáveis, produzir menos lixo, evitar o desperdício, e o consumismo exagerado.  Não arremessar tantos detritos no solo. Jogar fora? Fora da onde, se a terra é a nossa casa.  Pensar só no bem e no belo. A reforma da terra começa nas pequenas atitudes seja voluntário dessa reconstrução e faça parte dessa mudança. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As palavras que precisamos deixar hoje são súplicas do Plano superior em benefício daqueles que padecem do mal da ambição e vaidade.

Queridos irmãos trabalhadores da paz, as palavras que precisamos deixar hoje são súplicas do Plano superior em benefício daquel...