sábado, 23 de abril de 2016




O exercício da fé se inicia entre uma conversa e outra de nós com nós mesmos, com o nosso eu mais íntimo, aquele que costumeiramente não revelamos a ninguém.
A fé é da boca pra dentro e não aos gritos, para outrem ouvir. Nela depositamos e materializamos nossos desejos mais sinceros e conforme maior é essa minha fé, mais clara e nítida essa imagem se forma a minha frente.
Ela tem o poder de transformação e da edificação, fé é criar sem ver, é saber que por mais revolto que esteja o mar, o barco jamais vai afundar, porque o Mestre segue firme no leme.
Fé é saber que Deus escreve certo em linhas certas, que não há nada de errado, que os obstáculos são apenas tarefas de aprendizado em nossas caminhadas.
O Mestre materializado na forma de homem, um homem magro, até mal vestido aos costumes da época nos deixou uma mapa maravilhoso, que é o caminho da felicidade e com certeza esse caminho passa pela estrada da fé, pois somente com ela não nos revoltaremos com as intempéries do mundo e com as dores do lar, qual pai e qual mãe que não sofre ou até mesmo duvida do amor de Deus quando vê um filho seu passando por grandes dificuldades? Como não se desesperar frente a um diagnóstico médico grave? Como não cair quando a tristeza e a pobreza batem à nossa porta?
Fé, fé e fé, se não crermos que o Pai está no controle e que tudo que acontece segue uma ordem Maior nossas vidas seriam sempre um martírio, mas o conhecimento das Leis de Deus serve para abrandar o nosso coração e a fé é o remédio para todos os nossos sofrimentos, no momento meus irmãos que vocês conseguirem aprimorar o desenvolvimento de vossa fé, todas as dores passarão a ser brandas e passageiras, creiam!
Deus está aqui, está dentro de seus lares, buscando sempre nos mostrar os melhores caminhos. Nos momentos de dúvida fechem os olhos do corpo e abram os olhos do coração. Deixem Jesus guiar vocês meus irmãos que a felicidade lhes acenará o mais breve quanto possível.
Fiquem em paz e que a luz do Mestre ilumine vossas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Porque Ele sabe os caminhos que todos nós devemos percorrer e o seu Julgo sempre leve para todos, indistintamente, Jesus jamais colocará um fardo pesado nos ombros daqueles que não suportarão na caminhada terrestre,

Vinde a mim todos aqueles que estão angustiados e Eu vos aliviarei, porque meu fardo é leve e meu Julgo é suave. Querido irmãos...