quarta-feira, 19 de julho de 2017

Meus amados, somos centelhas divinas, parte de um Universo em eterna mudança e evolução, teria alguém entre vós que deseja a estagnação? Creio que não, seria por demais penoso.


Nada separa aquilo que Deus uniu”, essas sábias palavras ditas nas Sagradas Escrituras é a mais profunda base para todos os relacionamentos. Partindo do princípio que o acaso não existe, ninguém atravessa nossa estrada sem algum motivo. Almas errantes se encontram com o propósito único da Criação, a evolução.
Vejam; se só os iguais se unissem qual seria o caminho trilhado? O mesmo e provavelmente em círculos, acomodados nas mesmices de ideias, tal similaridade fatalmente levaria a estagnação; já perceberam o quanto se evolui nas dificuldades?
Somente nesses momentos conseguiremos refletir, sem máscaras, sobre quem de fato somos e o que estamos fazendo para sair do caus ou tempestades da vida.
Meus amados, somos centelhas divinas, parte de um Universo em eterna mudança e evolução, teria alguém entre vós que deseja a estagnação? Creio que não, seria por demais penoso.
Assim sendo, por que a fraqueza ou falta de fé na justiça do Pai, ante as dificuldades?
Bendizei aquele parceiro que lhe faz chegar aos limites da paciência, abrace com o mais profundo amor aquele que veio para fazer você exercitar seu perdão todos os dias, não sete vezes, mas setenta vezes sete vezes, esse exercício que momentaneamente vocês vêem como peso ou penitência é a alavanca que precisam para atingir sua meta evolutiva.
Abrace também e beije com todo amor aquele filho rebelde ou arredio, sua redenção nesse Plano depende de você e somente você poderá fazer.
Tem desafetos no ambiente de trabalho? Sofre perseguição? Por que deseja ser aceito em todos os lugares? Há em ti essa necessidade? Dispam-se disso, desapeguem-se da necessidade de aceitação, o orgulho usa de diversas máscaras para os tornar cativos de conceitos banais. Nem nosso Mestre Maior, que desprendido de vaidades e ilusões foi imune a rejeição, nos espelharmos Nele é legado de todos.
Estaremos sempre unidos pelos elos imutáveis e inquebrantáveis do amor, e esse tudo suporta, tudo aceita, tudo perdoa.
Fiquem na paz e luz do Mestre Jesus e Maria Santíssima.

Abadia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pequenos filhos do nosso coração, cuidamos de vocês com amor, com desprendimento, com carinho. Daqui todos os dias assistimos suas dificuldades, sua busca de algo que nem vocês sabem o que é.

    PEQUENOS DO CORAÇÃO Vocês talvez não compreendam assim mas nós, trabalhadores deste lado, os vemos a todos como filhos - P...