domingo, 20 de agosto de 2017

Não se culpem, muito menos se condenem, a evolução é gradual, foi necessário experimentar viver e agora ter o discernimento de separar o joio do trigo, novos tempos se anunciam




Queridos irmãos, antes de tudo, no começo dos tempos, o Pai pensava o amor, criou o amor e materializou esse sentimento em todas as suas criações, os demais sentimentos são irreais, junto da fantasia de vossas mentes ainda em evolução. Não se culpem, muito menos se condenem, a evolução é gradual, foi necessário experimentar viver e agora ter o discernimento de separar o joio do trigo, novos tempos se anunciam. Parece que a jornada foi longa, mas ainda não possuem a dimensão do que é o tempo na Criação, no Universo do Pai, já os sinto com dificuldade de administrar esse conceito em vossas vidas, o tempo já não obedece a marcação criada pelos filhos do pai, mas novamente não se preocupem, no momento exato serão orientados como manter a sincronicidade de um tempo com os movimentos do Universo. Quão belo é esse momento que o Pai percebe o planeta dando passos mais largos e apressados, rumo a evolução. Realmente o tempo urge, há necessidade do abandono de velhos conceitos, sentimentos e ideais, o passado nos esclareceu, mas não mas serve mais, olhemos e vislumbremos O futuro, há uma Seara imensa de Amor e luz que nos aguarda, a espaços e condições para todos os filhos, necessitamos do trabalho, apoio, sentimento e abraço de cada um que já compreendeu a missão, pois é um trabalho realmente de arrastar as multidões. Quem não entende a palavra, há de entender o amor, afeto e a gentileza, não autoridade, arrogância e superioridade que não se renda ao amor, nunca se esqueça essa essência há dentro de todos, somente necessita ser manifestada. A descoberta é individual, mas a glória e alegria só faz sentido se for vinda na coletividade, nunca de esqueçam: "Meus discípulos serão reconhecidos por muito se amarem" não deve ser apenas uma frase exposta em paredes, deve ser vivida e experimentada diariamente. O Pai quer todos os filhos, sem exceção, vivendo na plenitude de seu Amor, e cada um amar mais um, no final seremos a unidade que o Cristo planejou, trabalhou e aguarda por nós.
Ao vencermos diariamente toda dificuldade que ainda dificulta a caminhada, vamos orando e agradecendo as vitórias, todavia sem esquecer o irmão que tanto necessita também de vosso apoio, amor e caridade.
Estarei sempre ao lado de cada um intuindo vossos pensamentos, sempre na sintonia do amor, afeto e do abraço, quão bom é a fusão de energia de amor que contagia o Universo quando os filhos do Pai se abraçam , e a materialização da Fraternidade.
Um grande abraço e nessa noite há muito amor entre nós, que atuará como bálsamo para a tarefa que ora abraçamos.
Um trabalhador amigo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Silenciar para acalmar, para ouvir aquilo que nós mesmos temos a dizer para nós mesmos, já fizeram esse exercício? É lindo!!!

Somos todos viajores do Universo e nos apegamos às coisas, às pessoas e aos momentos na terra, nos apegamos à rotina natural que o ...